RPTF | VOLUME 8 | ANO VI

“Protocolo de avaliação clínica da disfagia pediátrica (PAD-PED)”: Adaptação cultural, linguística e validação 

 

Cláudia Nóbrega, Alda Portugal, Ana Marques

 

RESUMO

Objetivo: Adaptar cultural e linguisticamente, para o Português Europeu, o “Protocolo de Avaliação Clínica da Disfagia Pediátrica (PAD-PED)”, com a colaboração de três Terapeutas da Fala bilíngues; Averiguar a validade de conteúdo do protocolo, através da adaptação cultural, com a colaboração de um grupo de peritos na área; Averiguar a validade de constructo/conceito, com a colabo-ração de um grupo de peritos e com uma amostra de crianças clinicamente diagnosticadas com disfagia. 

Métodos: Estudo observa-cional descritivo transversal dividido em três fases: I - Adaptação cultural e linguística por três Terapeutas da Fala; II - Validação do conteúdo do protocolo com um painel de peritos de três Terapeutas da Fala, realização de pré-teste, revisão final; III - Aplicação do protocolo PAD-PED a uma amostra de 13 crianças com disfagia, por quatro Terapeutas da Fala e preenchimento de um questionário para compreender a perceção e utilidade do protocolo por quatro Terapeutas da Fala, para análise qualitativa do instrumento. 

Resultados: A análise do protocolo junto dos peritos demonstrou adequação teórica ao objetivo do PAD-PED . O instrumento foi conside-rado como sendo claro, adequado e de fácil compreensão, o que valida todas as suas questões. Todos os itens foram considerados importantes na inclusão do protocolo. Realizaram-se propostas de inclusão e modificação de itens, que sugerem ligeiras diferenças no trabalho realizado no Brasil e em Portugal. 

Conclusão: A adaptação e validação do instrumento PAD-PED resultaram na versão em Português Europeu com equivalência, à versão original. Os dados analisados contribuíram para a sua validação preliminar na população portuguesa.

Palavras-chave:  Adaptação linguística e cultural; Validação; Protocolo de avaliação; Disfagia Infantil. 

DOI: dx.doi.org/10.21281/rptf.2015.04.03

 
Copyright © 2018 Associação Portuguesa de Terapeutas da Fala
 

A Revista Portuguesa de Terapia da Fala é uma publicação da Associação Portuguesa de Terapeutas da Fala |  Copyright © 2020