RPTF | VOLUME 1 | ANO II

Avaliação acústica da vogal /a/ de acordo com o grau de disfonia em adultos

Paula Correia

 

RESUMO

Objetivo: (1) Determinar os graus de disfonia e os valores dos parâmetros acústicos (frequência fundamental, jitter, shimmer, harmonic-to-noise ratio e normalized noise energy) médios de acordo com o género e o grau de disfonia; (2) verificar se existem diferenças significativas nos valores acústicos médios de acordo com o género e o grau de disfonia; (3) verificar se existe uma correlação estatisticamente significativa entre o grau de disfonia e os parâmetros acústicos; (4) verificar se o grau disfonia afeta os dados dos parâmetros acústicos; e (5) identificar as variáveis acústicas preditoras do grau de disfonia. 

Métodos: Efetuámos um estudo comparativo, correlacional e preditivo de metodologia transversal. Foram selecionadas 214 gravações dos arquivos clínicos de 54 homens (M=33,05±9,09 anos) e 160 mulheres (M=36,50 ±7,57 anos) com disfonia ligeira a grave. Foram gravados 24 normofalantes, 12 homens e 12 mulheres, com uma média de idades 39,07±6,78 e 35±6,36, respetivamente. O grau de disfonia foi classificado percetivamente com recurso a uma escala de avaliação audioperceptiva e para a análise acústica foram extraídos os valores acústicos da vogal /a/. 

Resultados: Apenas a frequência fundamental apresenta diferenças estatisticamente signi- ficativas (p≤0,05) entre sexos. Os valores acústicos de jitter, shimmer e normalized noise energy aumentam progressivamente e o harmonic-to-noise ratio decresce progressivamente, em ambos os sexos, este último com significância estatística (p≤0,00) ao longo do grau audiopercetivo. Verifica-se a existência de correlações estatisticamente significativas (p≤0,00) entre os valores de jitter, shimmer, índice de sinal ruído e normalized noise energy, e o grau de disfonia. No entanto, a análise multinominal considera que apenas o shimmer e normalized noise energy são variáveis com significância preditiva dos graus de disfonia (p≤0,00). 

Conclusão: As variáveis acústicas de shimmer e normalized noise energy têm potencial de predição do grau de disfonia.

 

PALAVRAS-CHAVE: Disfonia, Avaliação audiopercetiva, Avaliação acústica, Adultos

 

DOI: dx.doi.org/10.21281/rptf.2014.01.05

Citação: Correia P. Avaliação acústica da vogal /a/ de acordo com o grau de disfonia em adultos. Revista Portuguesa de Terapia da Fala (APTF), 2014, 1: 41-51.
 
Copyright © 2015 Associação Portuguesa de Terapeutas da Fala
 

A Revista Portuguesa de Terapia da Fala é uma publicação da Associação Portuguesa de Terapeutas da Fala |  Copyright © 2020